10.3.14

Resenha: Garota Exemplar

Postado por: Stefanie



 Nunca resenhei um livro tão complicado. Desde a primeira página, houve algo que incomodava. Ao chegar ao fim, tão incômodo quanto outrora. Só sei que o desconforto aumentou, porém, tão complicado quanto. Um dia uma antiga professora minha disse que a boa Literatura é aquela que incomoda. Pois bem, incomodou. Ainda está incomodando. Demais.
 Mas eu não acho que tenha sido boa assim.






 “Garota Exemplar” é o mais famoso livro de Gillian Flynn. Não é difícil encontrar informações sobre a autora. Jornalista. Casada. Mãe de um filho. E, pelo visto, dona de uma mente criativamente curiosa.
 Nunca tive tanta dificuldade em falar sobre um livro sem soltar um spoiler sequer. É aquele tipo de história que uma única palavra pode fazer você perder todo o encanto. Ou deveria chamar de incredulidade? O livro é literalmente insano. É aquele tipo de história que te leva por caminhos que você nunca sequer pensou que existissem, sem que se desse conta. Quando vê... Já está bem longe. Longe demais para voltar atrás.
 Foi assim que me senti acompanhando a história insana de Amy e Nick. Casal que aparentemente tinha um relacionamento perfeito, até a esposa dele desaparecer misteriosamente no dia de aniversário de casamento. A cada página, foi como se eu andasse por caminhos obscuros que me diziam o tempo todo que havia algo errado, mas não sabia o que era. Ainda não sei. Ao invés de parar, continuei seguindo, até a última página.
 Agora não sei dizer se estou arrependida ou não.
 A história retrata uma espécie de Síndrome de Estocolmo. Foi a conclusão que cheguei ao fim. A qual adoraria explicar em um artigo à parte, mas como este virá cheio de spoilers... Em breve farei um, com avisos. Portanto, fica até difícil saber o que dizer, já que “Garota Exemplar” é um livro daqueles que você deve tomar às cegas. Sem saber absolutamente nada. O nome dos personagens. Os lugares. O que acontece. Nada. Porque tenho certeza que o mais pequeno spoiler pode destruir todo o efeito da leitura.
 A única coisa que me vejo segura em garantir, é que com certeza você nunca sequer imaginou ler um livro assim. Um livro que, de verdade, vai te surpreender. Acha que sabe o que vai acontecer? Experimente virar a página.
 Apesar do incômodo, me vejo na obrigação de admitir que a autora é muito talentosa. Sua protagonista, infelizmente ainda mais. Apesar de ter me decepcionado muito com o desfecho. Provavelmente pelo final talvez ser real demais. Não foi pintado. A autora não quer que você fique feliz e satisfeito. O importante, pelo visto, foi levar o leitor e suas personagens ao fundo. Deles mesmos ou do poço, você pode concluir por si mesmo. Portanto, sequer sei dizer se gostei ou não. Muito menos dar uma nota. Existem pontos positivos. Assim como existem negativos. Aquela sensação estranha... Aquele final grotesco. Mas se acha que vale o tempo, que vale a revolta e sua sanidade dilacerada... Vá em frente. Eu não recomendo. 




Título: Garota Exemplar
Autora: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 443
Nota pela realidade: ★★★★
Nota pelo estado em que me deixou depois:  

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por