28.3.14

Resenha: Reunião

Postado por: Stefanie


 O livro anterior de “A Mediadora” levemente me desanimou com a série. Ao escolher a próxima leitura, cogitei diversas vezes apenas deixar o terceiro livro para um futuro não tão distante. Não queria abandonar, só não estava me atraindo tanto quanto no começo. Mas... Poxa, será mesmo que o nível de uma série tão boa, em seu início, iria simplesmente cair cada vez mais a cada novo volume? Não quis acreditar. Quem me conhece sabe que sou apaixonada pelo primeiro livro da série. Então resolvi deixar esse desânimo para lá e dar uma segunda chance.
 Ainda bem.




 “Reunião” é o terceiro livro da série que, como esperado, nos mostra o desenvolvimento e evolução da protagonista, Suzannah, como mediadora. Até então... Tudo aparentemente muito parecido com os dois primeiros volumes, até mesmo com aquela base da heroína que manda espíritos maldosos para outro plano. Pronto. Próximo livro.
 Mas não.
 Não dessa vez.
 Aqui é como se a história deixasse de ser um livro de literatura infanto-juvenil para ser um livro de literatura-juvenil-com-cenas-macabras. É! Isso tudo porque, certo dia, quando Suzannah está com suas amigas, depara-se com quatro novos fantasmas no pedaço! Todos muitos jovens, muito bonitos e simpáticos. Até que ela descobre que estes estão loucos, sedentos, sôfregos, para levar ao inferno aquele que aparentemente lhes tirou a vida.
 Mais uma vez Suzannah se vê no perfil de salvadora da pátria, tanto é que de novo se aproxima da vítima que lhe soa bem menos agradável do que as anteriores. O que fica mais evidente quando, com o passar da história... Ela se encontra em situações mais perigosas do que ela pôde um dia imaginar. O suficiente para que a faça questionar até mesmo os próprios princípios morais e éticos. Será que essa também é uma boa hora para ser boazinha ou simplesmente vai precisar mudar de lado?
 Sinceramente, eu tenho uma relação tempestuosa com Meg Cabot. Tem livro que procrastino até hoje... Alguns que amo loucamente. Mas o volume três de “A Mediadora” é para simplesmente levantar e aplaudir em pé. Porque o desenrolar da história toma uma nova perspectiva a cada capítulo, fazendo com que o leitor acabe com as unhas e sinta vontade de praticamente engolir o livro! É suspense demais! É surpreendente. Sinceramente? É sensacional. O livro perdeu sim um pouco daquele ar cômico dos volumes anteriores, mas cresceu de um jeito completamente recompensador quanto ao suspense, quanto ao enredo, quanto aos personagens. Tanto, que tenho certeza que a grande maioria que apanhasse esse livro em mãos... Seria incapaz de soltá-lo até que chegasse à última página. Simplesmente porque não dá para parar. Não quando a história vira e desvira de cabeça para baixo a cada nova página, chegando a até fazer com que o leitor se veja desnorteado, sem ter a mínima ideia de onde tudo aquilo vai dar.
 E, melhor ainda... Se Suzannah vai continuar ou não sendo a mocinha.
 Sinto que a série deu um salto tão grande que estou até com medo do próximo volume. Porque este foi tão bom, mas tão bom... Que penso ser impossível melhorar. E regredir realmente não é uma opção. A não ser que Cabot seja do tipo que escreve um livro bom, um ruim, um bom, um ruim.

 Aguardemos então cenas do próximo capítulo.

Título: Reunião
Série: A Mediadora
Autora: Meg Cabot
Páginas: 268
Editora: Galera Record 
Nota: ★★★★★♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por