1.4.14

Resenha: O Assassinato de Roger Ackroyd

Postado por: Stefanie


 Ah os romances policiais... Como não amar? Os quais chegam de repente, em um susto não esperado, logo depois daquele friozinho na barriga. Aquele mesmo friozinho que você gosta de sentir. Aquela adrenalina que percorre seu corpo como se você fosse até mesmo um dos personagens. Ora o detetive... Ora a vítima, quem nunca sentiu ao menos uma dessas sensações? Quem nunca, lendo um romance policial, fechou os olhos e sentiu-se no centro, cercado por um monte de suspeitos que juram dizer a verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade?






 “O Assassinato de Roger Ackroyd” foi o meu primeiro contato direto com a digníssima Agatha Christie. A obra conta a história de um dos homens mais bem conhecidos da aconchegante vila King’s Abbot, o qual, certo dia, é encontrado morto em seu escritório. Automaticamente, o mistério recai sobre a mansão, criando um ambiente de suspeitas e buscas tão contínuas que facilmente deixa o leitor sem fôlego, na medida em que este acompanha cada uma das descobertas do detetive Poirot.
 A trama se enrola e desenrola tantas vezes... Que chega uma hora que você fica tão perdido quanto os personagens. Mas, ainda assim, Agatha Christie vem pra provar porque ela é conhecida como a Rainha do Crime e, sinceramente? Mais do que merece o título. Justamente por conta de como essa autora desenrola o crime de uma maneira magistralmente inteligente. O assassino não deixa pistas no decorrer do enredo... Parece até um crime perfeito. Definitivamente parece impossível saber qual deles é o assassino, ou a assassina, de modo a fazer com que qualquer pessoa fique absurdamente surpresa com o desfecho.
 Isso é, quando você, ao contrário de mim, não toma um puta spoiler que levemente te desanima com o livro.
 Pois é. Caí na besteira de tomar um spoiler horrível que, tenho que admitir, estragou parte do encanto. Não vou tirar o mérito do livro... E tenho total certeza do estado que eu teria ficado se não soubesse daquele desfecho. Mas, ainda assim... Com aquele final... Me vi tão envolvida que só em lembrar já sinto minha pele novamente arrepiar, justamente porque o final é do jeito que eu gosto... Macabramente lindo. De levantar e aplaudir em pé essa insanidade que me nutre. Portanto, não vou tirar muita nota assim do livro... Mas tenho que admitir que também invejo, demais, aqueles que tomam esse livro em mãos estando completamente cegos de informação.
 Assim, finalizo essa resenha mais do que indicando a obra. Leia. Pelo o que eu ouvi dizer... É a mais surpreendente de todos os livros da autora. Mas, por favor, se quer um conselho... Leia sem sequer perguntar a opinião de alguém, ou buscar algum tipo de informação. Leia como se fosse leigo e prepara-se para perder o ar.


Título: O Assassinato de Roger Ackroyd
Autora: Agatha Christie
Páginas: 306
Editora: Editora Globo
Nota: ★★★★ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por