2.4.14

Resumo do Mês: Março

Postado por: Stefanie
  



  Hey!
 Sei que estou um pouquinho atrasada, mas... Não podia deixar de fazer o post sobre o resumo do mês. Sinceramente? Gostaria de tê-lo feito antes, mas como as resenhas estavam atrasadas... Preferi colocá-las em dia antes de vir aqui contar para vocês o que eu andei lendo nesse mês que passou.






 Março foi, de longe, um mês não muito produtivo ao que diz respeito a leituras. Li bem menos do que nos meses passados, mas é o que normalmente vai acontecer a partir de agora já que eu comecei meu novo curso na faculdade. Ou seja... Estou lendo aquele monte e monte de livros acadêmicos necessários, que indiscutivelmente tomam o tempo que eu poderia estar passando com outras leituras. Mas não que eu esteja reclamando, longe disso. Amo estudar! Porém a quantidade de livros lidos vai diminuir por aqui.
 Apesar disso... Tenho que admitir que o mês de março foi regado de fortes emoções distintas. Me revoltei, bem como se me senti extremamente feliz. Houve livros que me fizeram querer chorar de raiva. Outros que me fizeram sentir vontade de sair correndo e gritando pela casa de tanta satisfação. Sim... Posso resumir o mês com a palavra: Carnaval. Não no sentido de mulatas sambando por uma avenida, mas sim em uma mistura de gêneros distintos completamente entre si.
 Mas chega de blábláblá! Querem saber o que eu andei lendo nesse mês?
 Então vamos lá!



·      Garota Exemplar – Gillian Flynn



 Um dos livros mais difíceis que li na minha vida. Mais perturbadores. Mais revoltantes. Que mais me fizeram quase morrer de raiva e desgosto! O final foi tão revoltante que só de lembrar... Argh! Mas este mesmo livro me fez sentir emoções tão contrárias que fiquei até mesmo sem saber se gostei ou não, apesar de não indicar para pessoa alguma. A não ser que você goste de ter certa realidade em demasia esfregada na sua cara sem que você possa fazer algo senão engolir calado.
 Ou então você xinga, xinga, xinga e xinga... Para depois querer criar teorias que justifiquem aquele final agoniante e perturbador.
 Igual eu.



·      Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley



 E aí está ele! O responsável pelo ressurgimento do meu amor incondicional a clássicos. A esses livros que são tão velhinhos e tão bons. Esse? Até demais. Porque “Admirável Mundo Novo” é simplesmente um dos melhores livros que já li em toda minha vida. É indiscutivelmente inteligente. Perturbador em um bom sentido, caracterizado por uma literatura de denúncia que esfrega na cara do leitor o que estamos permitindo que aconteça ao nosso redor, sem sequer fazermos menção de negar.



·      O Assassinato de Roger Ackroyd – Agatha Christie
  

 Digníssima Agatha Christie me fez a honra de comparecer ao meu mês, apresentando-me um livro fabuloso e indescritivelmente inteligente. Porém, todavia, entretanto, que não me empolgou tanto assim, mas, calma! Não foi culpa dela, muito menos do livro. A culpa foi minha que tomei um puta de um spoiler que estragou todo aquele “tchan” que romances policiais normalmente (ou deveriam) ter. Pois é... Pra mim não teve aquele momento de: “CÉUS! ENTÃO FOI ELE/ELA QUEM MATOU?”. Mas ela é tão brilhante, mas tão brilhante, que mesmo assim o final me deixou arrepiada!



·      A Mediadora – Meg Cabot
ü  A terra das Sombras
ü  O Arcano Nove
ü  Reunião



 Aí está ela, a famosa Meg Cabot em livros que me agradam. Como disse em uma das resenhas, minha relação com a autora é bem conturbada. Há livros que amo loucamente, bem como aqueles que não consegui ler até hoje! Mas essa série é minha grande queridinha, que tem me agradado bastante... De um jeito que até me faz esperançosa e ao mesmo tempo receosa, temendo que a qualidade caia um pouquinho. O que estou torcendo de pés juntos para que não aconteça!

 É isso aí, gente! Esse foi o meu mês de março. Como vocês viram... Teve livros que amei. Outros que praticamente odiei. Mas, sem dúvidas, foi um belo mês. O qual até passou mais rápido do que pude notar, mas... Fazer o quê? Que venha Abril e, com ele, as próximas leituras.

 Até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por