30.5.16

Texto: Sem luzes

Postado por: Stefanie

Era a segunda vez naquele dia,
ou quem sabe já a terceira.
Sentia o rosto molhado,
O peito? Apertado.

Lembro que estava escuro,
sempre foi mais fácil assim.
Era como se, sem luzes
Também pudesse abafar os soluços enfim.

Mas cedo ou tarde você vinha
e ainda lembro de como a porta rangia.
"Chorando de novo?", você dizia
e ainda sinto o desprezo que sua voz trazia.

Tentava secar as lágrimas,
tentava até mentir.
Mas quando você ria
eu só me sentia um novo mártir.

Talvez eu fosse culpada
sentimental demais
sensível demais

Então toda vez que me sentia abrir a boca
era tomada por vergonha

Vergonha por me sentir culpada
mesmo quando o pedido de socorro me queimava.





"Sem Luzes" faz parte do projeto "Relacionamento Abusivo", sorteio temático de Dia dos Namorados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Design e Desenvolvimento por